Notícia

Escalonamento de salário de servidores pelo governo de MG completa um ano

Desde agosto de 2016, a primeira parcela vem sendo paga por volta do dia 10 para que o estado consiga arrecadar dinheiro para a folha
Publicado em: 24/04/2017 ás 00h00
Autor:

Os cerca de 600 mil servidores do estado de Minas Gerais completaram em fevereiro um ano recebendo os salários de forma escalonada. Conforme escalas anunciadas trimestralmente, o funcionalismo está recebendo os vencimentos em até três vezes, dependendo do valor do salário. A prática, anunciada em janeiro de 2016 para durar inicialmente até maio daquele ano, não tem previsão de acabar, segundo a Secretaria de Estado da Fazenda.

Até o fim deste mês, o governo anuncia quais serão as datas do pagamento nos próximos três meses e, até então, não há nada que indique o fim do escalonamento.

Segundo a última escala de pagamento anunciada pelo governo, que divulgou as datas até este mês, o pagamento dos salários em março para os funcionários serão nos dias 10, 17 e 21, seguindo os mesmos critérios que o estado vem adotando desde o início de 2016. A primeira data é para pagar até R$ 3 mil líquidos, a segunda até R$ 6 mil e a terceira o restante, para completar o salário de quem ganha acima deste valor.

Em janeiro de 2016, o governo anunciou que 75% dos servidores, que somam 477 mil funcionários públicos do estado com salários líquidos de até R$ 3 mil, receberiam os salários integralmente até o 5º dia útil a partir de fevereiro. Já para os que ganham até R$ 6 mil, o restante passou a ser pago em uma segunda data e nos salários superiores a este valor, o contracheque veio dividido de três vezes.

O escalonamento foi necessário, segundo o governo, por causa da grave crise financeira.

Desde agosto de 2016, a primeira parcela do salário – ou o valor integral, para aqueles que ganham até R$ 3 mil líquidos – passou a ser creditada depois do 5º dia útil, saindo por volta do dia 10 do mês. À época, o secretário da Fazenda José Afonso Bicalho disse que a ampliação do prazo era necessária para que a arrecadação chegasse aos cofres do estado antes de pagar o funcionalismo. A folha é estimada em cerca de R$ 2,5 bilhões.

 

13º fatiado


O 13º salário também está sendo parcelado. No primeiro dia de pagamento, em 22 de dezembro, todos os servidores receberam metade do benefício, independentemente do valor do salário. A segunda parte, para aqueles com salário até R$ 6 mil, foi creditada em 24 de janeiro, completando o 13º de 95% dos servidores, segundo o governo. Os remanescentes, com vencimentos superiores a R$ 6 mil, só terão o restante do benefício em 24 de março.              

Comentários
Deixe seu comentário:
Seu Ip:54.158.238.108 - (caracteres restantes: 500)

MAIS NOTÍCIAS

Governo Federal libera R$ 543,5 milhões ...

Ver

Edital normativo - Seleção pública de me...

Ver

Cemig alerta que venda de usinas resulta...

Ver

LEILÃO DE VEÍCULOS E BENS MÓVEIS INSERVÍ...

Ver

I Reunião Regional MedioTec

Ver

Setur realiza ação com municípios associ...

Ver

7º Reunião Ordinária da Legislatura 2017...

Ver

Governo Federal reconhece emergência em ...

Ver

Escalonamento de salário de servidores p...

Ver

Temer vai pedir 'empenho máximo' de mini...

Ver

Temer avisa aliados que não há espaço pa...

Ver

Cemig prorroga Campanha de Negociação de...

Ver

Minas incentiva a inclusão social e prod...

Ver

Janot pede investigação de 83 políticos ...

Ver

Secretaria de Governo participa de encon...

Ver

Governo de Minas Gerais lança novo porta...

Ver

Pimentel pede agenda com Temer para disc...

Ver

Política 2017 - Candidatos a Prefeito 20...

Ver

Sessão Ordinária

Ver

Agricultura familiar viabiliza vida no c...

Ver