Notícia Sessões

Mais de três mil projetos sobre saúde tramitam na Câmara, diz estudo da consultoria

Publicado em: 27/04/2016 ás 00h00
Autor:

Mais de três mil projetos de lei relacionados à área de saúde tramitam atualmente na Câmara dos Deputados. Os dados são resultados de um estudo desenvolvido pela Consultoria Legislativa da Casa. Segundo a pesquisa, mais de 91% desses projetos estão na Câmara desde 2003. Os temas encontrados com mais frequência foram: prevenção, direitos e responsabilidades, atenção à saúde e gestão de recursos. 

Muitas propostas são apresentadas em situações específicas, como no caso da epidemia do zika vírus, quando deputados se mobilizaram para aprovar matérias que ajudassem no controle à doença. A Comissão de Seguridade Social e Família, por exemplo, aprovou proposta (PL 1861/15) que cria uma política nacional de combate ao Aedes Aegypti. O texto obriga os proprietários a manter os imóveis limpos para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti e prevê multa a quem descumprir a regra. A matéria aguarda votação na Comissão de Finaças e Tributação.

Propostas em análise
Além dos projetos de lei, o estudo analisou propostas de emenda à Constituição, projetos de lei complementar, propostas de fiscalização e controle e projetos de decreto legislativo. 

Os projetos de lei complementar contabilizam 244 propostas. Quase todos de autoria de deputados, sendo quatro de comissões, três do Executivo e quatro de senadores. As propostas de emenda à Constituição somaram 60 iniciativas. Os assuntos mais frequentes estão relacionados à gestão, sendo a maioria sobre o financiamento da saúde e a inserção de profissionais da área no mercado de trabalho. 

Em relação às outras proposições analisadas, existem ainda 37 propostas de fiscalização e controle e 53 projetos de decreto legislativo. 

Autor do estudo, o consultor legislativo Fábio Gomes ressalta que a pesquisa oferece uma "fotografia" da agenda de saúde da Casa, na qual é possível perceber que determinados temas estão relacionados a certos tipos de proposição. Além disso, contribuiu para a consistência e transparência do debate sobre políticas públicas. 

"Nós temos na Casa sistemas de informações que são capazes de permitir um monitoramento das proposições por tema e locais de tramitação e isso pode ser muito útil para ampliar a transparência no debate das políticas públicas de saúde, porque as pessoas interessadas - pesquisadores ou qualquer outro tipo de profissional - eles podem estudar quais os temas que são mais frequentes e onde eles estão sendo debatidos na Casa".

Na avaliação do consultor, uma matéria em tramitação que merece destaque é a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 1/15, já aprovada em primeiro turno na Câmara. O texto aumenta o percentual mínimo a ser aplicado pela União em ações e serviços públicos de saúde.

O presidente da Frente Parlamentar da Saúde, deputado Osmar Terra (PMDB-RS), concorda com o consultor, e afirma que esse é o tema mais relevante dos últimos tempos na Casa.

"A saúde está vivendo um momento muito sério, muito grave. Eu acho que a questão número 1,2,3,4 e 5 da saúde é a questão do financiamento. Então a PEC 1/15 é a prioridade das prioridades hoje. Já foi aprovada em primeiro turno e deve ir para segundo turno o mais rápido possível. Mesmo que o governo não tenha recursos hoje no orçamento para resolver, mas ele terá como programar para o ano que vem, e eu acredito que nós vamos ter na mão um instrumento poderoso para forçar o governo a priorizar a saúde, pois hoje não está priorizando", destacou.

Para Osmar Terra, projetos que priorizem a carreira dos profissionais da saúde e que modifiquem a estrutura do sistema de saúde também são prioridades. "Hoje, o prefeito não pode aumentar o número de equipe da saúde da família porque mexe na responsabilidade fiscal. A gente quer que haja um critério mais flexível dentro da Lei de Responsabilidade Fiscal para caso de contratação de equipes de saúde, para poder o município dar a resposta que ele precisa dar para a comunidade", defendeu.

O estudo que analisou as proposições que tramitam na Câmara dos Deputados na área de saúde levou em conta as propostas que tramitavam nas comissões e no Plenário. Os dados foram coletados por meio do Sistema de Informações Legislativas da Casa.

Comentários
Deixe seu comentário:
Seu Ip:54.82.57.154 - (caracteres restantes: 500)

MAIS NOTÍCIAS

Governo Federal libera R$ 543,5 milhões ...

Ver

Edital normativo - Seleção pública de me...

Ver

Cemig alerta que venda de usinas resulta...

Ver

LEILÃO DE VEÍCULOS E BENS MÓVEIS INSERVÍ...

Ver

I Reunião Regional MedioTec

Ver

Setur realiza ação com municípios associ...

Ver

7º Reunião Ordinária da Legislatura 2017...

Ver

Governo Federal reconhece emergência em ...

Ver

Escalonamento de salário de servidores p...

Ver

Temer vai pedir 'empenho máximo' de mini...

Ver

Temer avisa aliados que não há espaço pa...

Ver

Cemig prorroga Campanha de Negociação de...

Ver

Minas incentiva a inclusão social e prod...

Ver

Janot pede investigação de 83 políticos ...

Ver

Secretaria de Governo participa de encon...

Ver

Governo de Minas Gerais lança novo porta...

Ver

Pimentel pede agenda com Temer para disc...

Ver

Política 2017 - Candidatos a Prefeito 20...

Ver

Sessão Ordinária

Ver

Agricultura familiar viabiliza vida no c...

Ver